Summary in your language

Acerca de

Acerca de

HARP em números

18

parceiros

3

anos

1,5

milhões de consumidores

potencialmente alcançados

10 000

consumidores

potencialmente motivados para substituir o seu aquecimento

O projeto HARP – Heating Appliances Retrofit Planning é financiado pela União Europeia através do programa-quadro de investigação e inovação Horizonte 2020, com a participação de 5 Estados-Membros: Portugal, Espanha, França, Itália e Alemanha.

O principal objetivo do HARP é motivar os consumidores a planear a substituição dos seus sistemas de aquecimento atuais (que utilizam combustíveis fósseis, e muitas vezes já se encontram em mau estado e são ineficientes), por alternativas mais eficientes. Entre os 126 milhões de caldeiras instaladas na União Europeia cerca de 60% são ineficientes (com classe energética C ou inferior). Contudo, geralmente, os consumidores não se encontram cientes da ineficiência dos seus sistemas de aquecimento, nem dos custos associados. Através de uma aplicação online, a desenvolver no âmbito do projeto – a HARPa – os consumidores e profissionais poderão obter uma etiqueta indicativa da classificação do seu sistema de aquecimento.


A
 aplicação permite aos consumidores descobrir qual a classe energética dos equipamentos que têm instalados, dá uma visão geral das alternativas mais eficientes disponíveis no mercado e disponibiliza uma lista dos seus benefícios (economia de energia e custos, redução de emissões de CO2…) e co-benefícios (melhoria da qualidade do ar interior, redução de ruído…). Finalmente, são listados os incentivos e apoios financeiros disponíveis a nível nacional, tendo em vista a substituição dos aparelhos de aquecimento ineficientes por uma alternativa mais eficiente e, assim, motivar os consumidores a planear a sua substituição. A HARPa está disponível em duas versões diferentes: uma versão básica para os consumidores e uma versão avançada dedicada a profissionais (que poderão fornecer orientações mais detalhadas aos consumidores, em relação às soluções de substituição adaptadas às suas necessidades).

 

Consulte o folheto

Pontos de contacto nacionais

Portugal